Um bebé que ficou soterrado durante um bombardeamento em Aleppo, no norte da Síria, foi resgatado dos escombros. Um vídeo com as imagens do resgate foi publicado na Internet e mostra a criança a ser retirada das ruínas após um dia de ataques aéreos à cidade, na quarta-feira, que provocou 60 mortos.

Nas imagens, os elementos da equipa de resgate começam a gritar uns com os outros quando avistam o bebé, cuja cabeça está coberta de sangue, e começam a escavar freneticamente e a afastar os escombros. Em seguida, puxam a criança para a fora, o que revela a extensão dos ferimentos, e afastam-se de um edifício à beira do colapso para a segurança de um espaço aberto.

O bebé estava em silêncio no início, mas à medida que removeram os escombros, a criança começou a chorar – um sinal de que estava vivo, e logo depois é visto numa ambulância a ser levado para o hospital para tratamento.

ataque aéreo que, de acordo com Observatório de Direitos Humanos, foi levado a cabo por “aviões do regime”, destruiu um hospital e matou dezenas de pessoas em áreas controladas pelos rebeldes. Ativistas dizem que pelo menos 60 pessoas foram mortas nas últimas 24 horas, entre as quais crianças doentes e pelos menos três médicos, incluindo o último pediatra da cidade, no hospital Al Quds, que tem assistência da ONG Médicos Sem Fronteiras.

A ONU declarou a situação como "catastrófica”.