Em Birmingham, Inglaterra, um carjacking podia ter acabado muito mal. 

Dois homens atacaram uma mulher que estava a abrir a garagem e roubaram-lhe o carro, mas não se aperceberam que no banco de trás estava uma bebé de quatro semanas e, por isso, acabaram por raptá-la.

A mãe, que ficou ferida, ligou para a polícia, que de imediato iniciou as buscas pelo veículo. Até ao momento, o carro não foi encontrado, mas a bebé acabou por aparecer 45 minutos depois num centro de saúde a cinco quilómetros do local do assalto.

A bebé foi avaliada no centro de saúde e mais tarde transportada para o Hospital, mas está livre de qualquer perigo, tal como a mãe.

A nossa principal preocupação era o retorno em segurança da criança e dezenas de polícias, incluindo recursos especializados, foram recrutados para a busca. Estou muito feliz por ter resultado. Ainda estamos determinados a encontrar os assaltantes que colocaram esta mãe num pesadelo de 45 minutos que ela jamais esquecerá", disse Tony Cole, inspetor da Polícia.

No mesmo dia houve outro carjacking em Birmingham, mas a polícia ainda não os conseguiu relacionar.