A personagem de banda desenhada Tintin volta esta terça-feira aos leilões parisienses com a venda de 180 peças, depois de duas pranchas duplas do autor Hergé - pseudónimo do desenhador e cartoonista belga Georges Prosper Remi - terem rendido mais de um milhão de euros em abril.

Desenhos originais, nas cores originais, álbuns assinados, cartazes, serigrafias, as 180 peças serão vendidas pela casa Piasa em parceria com a Moulinsart SA - a sociedade belga responsável pela exploração comercial da obra de Hergé. 

Entre as raridades à venda, encontra-se um postal desenhado por Hergé por altura do nascimento - no dia do seu próprio aniversário - do filho de um amigo. “Para Phillippe: Hip! Hip! Hip! Hurra! ", escreve Hergé na carta postal, onde desenha Tintin, o capitão Haddock, os irmãos Dupond e um mais raro professor Tournesol. O valor do postal é estimado entre 20 e 30 mil euros.