O líder da Al-Qaeda, o egípcio Ayman al Zawahiri, pediu o rapto de cidadãos ocidentais, principalmente norte-americanos, para serem trocados pela libertação de presos da organização.

Numa gravação divulgada nas últimas horas na internet por meios jihadistas, Ayman al Zawahiri afirmou que é dever dos extremistas, e dos muçulmanos em geral, «raptar todos os ocidentais que possam, sobretudo norte-americanos, para trocá-los pelos seus» elementos.

Assim, considerou, os membros da rede terrorista podem ser trocados pelos reféns e ser libertados.