Os pilotos do avião da companhia aérea Asiana que se despenhou este sábado no aeroporto de São Francisco, nos Estados Unidos, ainda tentaram abortar a aterragem.

Segundo as primeiras conclusões da investigação, as gravações mostram que os pilotos notaram que o avião estava muito lento e voava demasiado baixo, pelo que tentaram levantá-lo a apenas 1,5 segundos do impacto na pista.

Duas jovens de 16 anos morreram e 182 pessoas foram hospitalizadas, sendo que seis delas ainda estão em estado crítico. 123 dos passageiros não sofreram quaisquer ferimentos.

A CNN divulgou entretanto um vídeo exclusivo do momento do acidente com o Boeing 777.