Malaysia Airlines

Segundo informou Jiang Hui, porta-voz do grupo de familiares dos 154 passageiros chineses do voo MH370,  à agência espanhola Efe, o centro foi encerrado oficialmente esta segunda-feira depois de mais de um ano de funcionamento. 

«Pedimos-lhes que reconsiderem a sua decisão, mas até agora não tivemos resposta», afirmou Jiang, que juntamente com um grupo de familiares protagonizou um protesto no centro.