Podia ter corrido mal, mas acabou por ser um golpe de sorte. Uma avaria no pequeno avião que pilotava levou a que o piloto arriscasse aterrar de emergência numa autoestrada de Maine em plena hora de ponta.

A avaria no motor não lhe permitia continuar e Sachin Hejeji conseguiu aterrar sem causar estragos nos veículos ou causar ferimentos. No entanto, acabou por engarrafar o tráfego na noite de quinta-feira durante vários quilómetros, revelou a polícia à ABC News.

O piloto reportou os problemas durante o voo de Waterville para Portland e teve de baixar o Cessna 152 até conseguir aterrar na Interstate 295, em Cumberland, até conseguir aterrar em Falmouth.

O avião ficou estacionado na berma da estrada, o que limitou as faixas em serviço para apenas uma. As filas rapidamente atingiram os dez quilómetros, em ambos os sentidos.

Segundo a polícia, o piloto estava a tentar chegar ao aeroporto internacional de Portland, mas teve de aterrar na autoestrada.

O Departamento de Transportes de Maine planeia carregar o avião num camião e transportá-lo para Yarmouth, de acordo com o porta-voz Ted Talbot. Já a Administração Federal de Aviação e a Associação de Segurança Nacional de Transportes estão a investigar.

WHDH-TV 7News Boston