Um camião abalroou, esta quinta-feira, uma multidão reunida para os festejos do 14 de Julho, em Nice, França. As autoridades estão a tratar o caso como um atentado, avançam os jornais franceses.

Ainda de acordo com os mesmo meios de comunicação social, haverá "vários mortos". 

A BFMTV adianta que o motorista do camião foi abatido, citando Sébastian Humbert, atual autarca de Nice.

As vítimas estavam reunidas para verem o fogo de artifício de 14 de Julho. O incidente aconteceu por volta das 22:30 locais (menos uma hora em Lisboa), no Passeio dos Ingleses. 

Os jornais Le Figaro e Le Monde adiantam que as autoridades estão a pedir aos cidadãos para permanecerem em casa. 

As pessoas correm em pânico. O camião subiu o passeio e atropelou toda a gente", explica um jornalista do Nice Matin

 

Há pessoas ensanguentadas e, sem dúvidas, muitos feridos", acrescenta. 

 

 

O chefe de Estado François Hollande estava em Avignon e vai diretamente para a Crise lugar Beauvau, informou já o Eliseu. 

O atentado ainda não foi reivindicado, mas o SITE, que monitoriza a atividade terrorista a nivel mundial adianta que sites pro-Estado Islâmico estão a "divulgar as notícias sobre a tragédia e a celebrar o massacre".