A revista espanhola «Mongolia» reproduziu esta terça-feira uma caricatura do profeta Maomé na sua página na Internet em solidariedade com o semanário satírico francês «Charlie Hebdo», alvo esta terça-feira de manhã de um atentado terrorista no qual morreram 12 pessoas.

Em declarações à agência noticiosa espanhola EFE, o editor Gonzalo Boye considerou o ataque «uma aberração» e disse que a publicação espanhola vai difundir as imagens pelas quais os seus companheiros franceses «foram assassinados».
 

«Não nos podemos amedrontar perante estes acontecimentos, temos que estar dispostos a refletir sempre a liberdade de expressão», disse.