Pelo menos 20 pessoas morreram no domingo na cidade de Damboa, no norte da Nigéria, num ataque do grupo islamita radical Boko Aram contra uma mesquita, informaram fontes militares citadas pelo diário local «Daily Times».

Os islamitas, segundo o mesmo jornal, mataram cinco pessoas antes da intervenção de tropas estacionadas no local, que mataram 15 dos atacantes.

O «Daily Times» ressalva que os militares costumam divulgar um número significativamente mais alto de baixas entre os rebeldes do que entre os membros do exército, pelo que alerta «não ser possível verificar estes dados de forma independente».