Uma explosão atingiu uma coluna de autocarros que aguardavam para entrar na cidade síria de Alepo, provocando pelo menos 43 mortos e dezenas de feridos.

Segundo a organização não-governamental Observatório Sírio dos Direitos Humanos, “um bombista suicida conduzia uma camioneta com ajuda alimentar quando a fez explodir perto dos 75 autocarros” estacionados em Rashidin, zona rebelde nos arredores oeste de Alepo.

O ataque fez também “várias dezenas de feridos”, acrescentou.

 A explosão aconteceu em Rashidin, nos arredores de Alepo.

Um número incerto de civis, a maioria xiitas de duas aldeias próximas, iam utilizar cerca de uma dezena de autocarros para entrar na cidade.