A embaixada de Israel em Atenas foi atacada na madrugada desta sexta-feira, Um homem que seguia numa motorizada, disparou uma metralhadora kalashnikov pelo menos 54 vezes sobre o edifício, noticia a agência France Presse.

 

Não há registo de vítimas.

 

Israel já veio acusar os palestinianos do ataque, que pode ser visto como a retaliação pela morte de um oficial palestiniano, há dois dias, na Faixa de Gaza, pelos soldados israelitas.

 

Por seu turno, o governo grego condenou de imediato o ataque e o ministro da Administração Interna, que fez questão de visitar a embaixada esta sexta-feira, referiu que «nada vai alterar as relações entre a Grécia e Israel».

 

Reforçando esta posição, a porta-voz do governo grego afirmou «que qualquer ataque terrorista é um assalto à democracia e ao país».