Um plano terrorista para matar a primeira-ministra britânica terá sido desmantelado pelas autoridades do Reino Unido, avança a Sky News que cita fontes próximas da investigação.

De acordo com o canal, a polícia acredita que o plano era lançar uma espécie de explosivo improvisado para a residência de Theresa May em Downing Street para provocar o caos e depois atacar e matar a primeira-ministra.

A mesma fonte avança ainda que este é o nono plano desmantelado pela Scotland Yard e MI5 em apenas 12 meses e que, na semana passada, dois homens armados foram detidos pela polícia e que, esta terça-feira, foram condenados por prepararem atos de terrorismo.

Naa'imur Zakariyah Rahman, de 20 anos, do norte de Londres, e Mohammed Aqib Imran, de 21, de Birmingham, devem comparecer em tribunal esta quarta-feira.