Os três suspeitos do ataque terrorista levado a cabo no edifício do jornal «Charlie Hebdo», e que fez 12 mortos,  já foram identificados pela polícia, segundo o diário francês «Le Monde», que cita fontes policiais.

A AFP avança que está a decorrer uma operação policial em Reims, indicando que poderá ser nesta zona que se encontram os suspeitos.

 
O ministro do Interior francês pediu cautela nas informações que estão a ser veiculadas pela imprensa francesa e não confirma nem que os suspeitos foram detidos, nem que foram identificados ou localizados.

Os suspeitos terão 18, 32 e 34 anos e serão de Gennevilliers, na região de Hauts-de-Seine.

Alguns media franceses dizem que os dois suspeitos mais velhos são irmãos.

Segundo as testemunhas presentes no local, os homens armados gritaram que estavam a «vingar o Profeta» e falavam num francês perfeito.