Um triplo atentado suicida da Al-Qaida contra o exército do sul do Iémen e os combates que lhe seguiram provocaram a morte de dois soldados e dez combatentes, disse um responsável militar, este domingo.

De acordo com a fonte, citada pela AFP, dezenas de combatentes da rede Al-Qaida lançaram na madrugada de hoje um ataque contra três postos do exército em Mahfad, na província de Abyane, no sul do Iémen.

Dois carros-bomba explodiram antes de atingir as suas metas e um terceiro no portão de uma base do exército.