A polícia francesa admitiu esta sexta-feira que um atropelamento frente ao liceu Saint-Exupéry, em Toulouse, França, foi intencional. O incidente feriu três estudantes chineses, um deles está em estado grave. 

Segundo a polícia, o carro foi contra os estudantes "deliberadamente". 

A imprensa francesa, que cita fontes policiais, adianta que o condutor, de 28 anos, foi detido e que já era conhecido das autoridades, pela prática de delitos menores. 

Terá agido devido a "problemas psiquiátricos", segundo algumas fontes, mas esta é uma informação que não está confirmada oficialmente. 

Segundo a AFP, o jovem teve 10 condenações anteriores que não estão relacionadas com crimes de terrorismo. Em dezembro de 2016, foi libertado de uma instituição psiquiátrica. Apesar do passado criminal, não estava referenciado como extremista. 

O atropelamento aconteceu quando as três vítimas, com idades a rondar os 20 anos, atravessavam a estrada num passadeira. Os feridos são uma jovem, que está em estado grave, mas não corre perigo de vida, e dois rapazes.