O antigo presidente dos Estados Unidos George H. W. Bush enfrenta novas acusações de assédio sexual. Desta vez, o antigo líder norte-americano foi acusado de ter apalpado as nádegas de uma adolescente de 16 anos, em 2003.

Numa entrevista à revista Time, Roslyn Corrigan disse que tinha 16 anos quando Bush, na altura com 79, a apalpou. Foi em 2003, num evento que reunia vários oficiais dos serviços secretos e as respetivas famílias em The Woodlands, no estado do Texas. Corrigan e a mãe tinham ido a acompanhar o pai.

À revista Time, Corrigan disse que Bush apalpou-lhe as nádegas enquanto ela e a mãe posavam para uma fotografia com o antigo presidente.

A fotografia estava a ser tirada e enquanto diziam ‘um, dois, três', ele baixou as mãos até às minhas nádegas e, de forma rápida, apalpou-me, o que pode explicar porque fiquei de boca aberta na fotografia. Eu fiquei: ‘oh meu Deus, o que é que aconteceu?’.”

Corrigan sublinhou que a sua reação foi de "horror absoluto". 

A minha reação inicial foi de horror absoluto. Estava muito, muito confusa. A primeira coisa que fiz foi olhar para a minha mãe, enquanto ele ainda estava ali. Não disse nada. O que é que uma adolescente vai dizer ao ex-presidente dos Estados Unidos? Algo como ‘olha lá, não devias ter-me apalpado daquela forma'?”

A história de Corrigan é idêntica à de outras mulheres que também dizem terem sido apalpadas pelo antigo presidente enquanto posavam para uma fotografia. Casos das atrizes Heather Lind e Jordana Grolnick.

Sete pessoas, incluindo familiares e amigos de Corrigan, confirmaram à revista Time que souberam deste incidente antes de terem surgido as primeiras acusações contra Bush.

Contactado pela CNN, após estas novas acusações, o porta-voz de Bush, Jim McGrath, voltou a deixar um pedido de desculpas em nome do antigo presidente norte-americano.

George Bush não tem conhecimento de ter causado algum problema e quer pedir novamente desculpa se ofendeu alguém", disse McGrath.

Num comunicado divulgado no mês passado, a propósito das acusações anteriores, McGrath notou a idade avançada de Bush e as suas limitações físicas. 

Com 93 anos, o presidente Bush está confinado a uma cadeira de rodas há cinco anos, então o seu braço cai sobre a cintura das pessoas com quem tira fotografias. Para tentar deixar as pessoas à vontade, o presidente diz sempre a mesma piada e às vezes conta-a ao ouvido das mulheres com quem se encontra. Algumas pessoas veem isto como algo inocente. Outras como algo inapropriado", sublinhou. 

Porém, nesta fotografia com Corrigan, que foi divulgada pela Time, Bush ainda não andava de cadeira de rodas e está de pé, no meio das duas mulheres.

ofendeu a senhora Lind.”

George H. W. Bush foi presidente dos Estados Unidos entre 1989 e 1993 e é pai do também antigo presidente George W. Bush.

O republicano sofre de uma forma da doença de Parkinson que o impossibilita de andar.