Um grupo aparentemente com dez homens armados irrompeu pela urgência de um hospital do Rio de Janeiro e assaltou pelo menos 22 pessoas na noite de segunda-feira.

As imagens das câmaras de segurança divulgadas na terça-feira, mostram os homens a entrarem na sala de espera das urgências do Hospital Norte D'Or, em Cascadura, na Zona Norte do Rio de Janeiro, no Brasil, por volta das 22:50.

Os utentes não mostraram resistência e ninguém ficou ferido. Os assaltantes levaram, sobretudo, o dinheiro e os telemóveis das vítimas, como noticia a Globo.

O «arrastão», termo vulgarmente usado para descrever este tipo de assaltos, foi muito rápido, não tendo demorado mais do que «três ou quatro minutos» segundo uma testemunha. Ainda que por pouco tempo, foram «minutos de terror», vividos por pessoas fisicamente vulneráveis, como idosos e hipertensos.

Os seguranças foram imobilizados pelos assaltantes, deitados de bruços e com as mãos na cabeça.

A polícia, que só chegou «40 minutos depois», tomou conta da ocorrência.