Mesmo que se considere um viajante aventureiro, há pouca probabilidade de ter estado num hotel como o que foi apresentado pelos irmãos Patrik e Frank Riklin, que apelidam os quartos como “minimalistas”. Nos quartos do Null Stern Hotel, colocados estrategicamente em vales dos Alpes suíços, não há tetos de vidros, nem redes anti-mosquitos. Aqui, pode dormir no conforto de uma cama de hotel, ter direito a um mordomo e sentir o vento fresco das paisagens montanhosas da Suíça.

Aqui, também não há casas-de-banho – a mais próxima está a 10 minutos de distância - nem sistemas de aquecimento ou refrigeração. Mas para compensar, os hóspedes terão ao seu dispor um mordomo e um pequeno-almoço na cama.

Esta nova proposta do mundo hoteleiro não tem estrelas, pois tal como diz o slogan da marca: “a única estrela é você”.

Os proprietários do Null Stern Hotel convidaram Patrik e Riklin para desenvolver esta ideia depois de verem o protótipo do quarto numa exposição de arte.

Embora esta versão seja radicalmente diferente do protótipo, a essência e o espírito do conceito continuam os mesmos – colocar os hóspedes no centro da experiência e focarem-se no intangível, através da redução de tudo”, disse Daniel Charbonnier, um dos proprietários, ao site Inhabitat.

O preço por noite custa, em média, 225 euros e o mês de agosto já está esgotado. Se estiver interessado em “dormir com as estrelas”, saiba que a unidade hoteleira planeia abrir mais quartos noutros locais dos Alpes suíços.