O Presidente sírio, Bashar al-Assad, renovou o compromisso do seu regime em cumprir com o acordo que prevê a destruição do seu arsenal químico e não colocando obstáculos ao processo, numa entrevista ao canal Telesur.

«A Síria compromete-se, geralmente, com todos os acordos que assina. Recentemente apresentou o inventário [do arsenal de armas químicas] à Organização para a Interdição de Armas Químicas (OIAC) e, brevemente, os seus especialistas vão visitar a Síria», disse Assad, na entrevista, em Damasco, difundida esta quinta-feira, na íntegra, pela agência oficial Sana.

«No que toca ao Governo sírio, não haverá realmente obstáculos», acrescentou.