Pelo menos 20 pessoas morreram e 30 ficaram feridas durante um casamento, no domingo à noite, na província de Haya, no noroeste do Iémen, na sequência de um ataque aéreo da coligação liderada pela Arábia Saudita.

De acordo com fontes, citadas pela agência noticiosa espanhola EFE, a coligação internacional realizou dois bombardeamentos aéreos contra o local onde o casamento estava a decorrer na aldeia de Al Raqa, na área de Beni Qais, localizada perto da fronteira com a Arábia Saudita.

A coligação liderada pelos sauditas está a combater, desde março de 2015, os rebeldes huthis, num conflito em que já morreram 10 mil civis e deixou o país mais pobre do mundo árabe à beira da fome.