Uma jiboia de cerca de três metros invadiu uma casa na zona Oeste da cidade de Manaus, no estado brasileiro do Amazonas, e acabou morta e pendurada numa ponte, numa ação de protesto. A cobra foi morta por uma morador, depois de ter invadido a cama de um casal na última terça-feira.

Os manifestantes alegam que a cobra é só um exemplo dos inúmeros animais que invadem as casas nos períodos das cheias e reclamam melhores condições nas habitações. Contam que já encontraram ratos e até jacarés dentro das casas e temem o risco de doenças.

«O medo de cobra é tão grande que a gente nem dorme mais em casa. Nós estamos dormindo em uma igreja», disse Alessandra Nuca, dona da casa onde a cobra entrou, em declarações ao portal de informação G1.

Durante o protesto, os moradores expuseram a cobra e atearam fogo em móveis e colchões.