O ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, admitiu que «não ficaria surpreso» se extraterrestres visitassem a Terra.

Clinton apenas espera que a visita não seja tão violenta como se vê no filme «Dia da Independência», disse ao apresentador Jimmy Kimmel, no programa «Jimmy Kimmel Live», esta quarta-feira.

O democrata norte-americano admitiu que durante um dos seus mandatos como presidente dos EUA mandou investigar a base militar conhecida como «Área 51», para garantir que não existiam lá aliens escondidos. Admitiu, ainda, que mandou investigar os relatórios sobre o suposto avistamento de um OVNI em Roswell, com o mesmo propósito.

Após as investigações o ex-presidente garante que não existem extraterrestres escondidos em qualquer parte do país, mas não excluiu a possibilidade da sua existência fora do nosso planeta.

«Nós sabemos, graças aos nossos telescópios «chiques», que só no último ano foram identificados 20 planetas fora do nosso sistema solar que parecem afastados o suficiente da sua estrela e são densos o suficiente para suportar algum tipo de vida, por isso é cada vez menos provável que estejamos sozinhos», disse Clinton.

Bill garantiu, apesar de tudo, que se forem descobertos extraterrestres nos EUA, que informará o apresentador do programa.