Um vídeo amador obtido pela CNN mostra dois bebés escondidos debaixo de colchões num terreno agrícola nos arredores de Alepo, enquanto decorrem bombardeamentos naquela que é a maior cidade da Síria, com dois milhões de habitantes.

 

Nas imagens é possível ver duas crianças a gatinharem para fora do "teto" de colchão que aparentemente as protege, vendo-se também fumo negro na cidade, que é tida como sendo Alepo, mas sem que a estação norte-americana tenha conseguido confirmar a sua origem.

Esta cidade está, praticamente, reduzida a escombros na sequência dos intensos combates dos últimos quatro anos e, de acordo com as agências humanitárias no terreno, milhares de pessoas continuam a deixar Alepo rumo a descampados nos arredores.

Acampados a céu aberto, a chegada do inverno é mais um obstáculo à sobrevivência destas famílias, como conta uma mãe entrevistada no vídeo amador.
 
A mulher diz que o pijama da filha serviu na última estação mas que não sobreviverá às baixas temperaturas. Nem eles. “O frio mata-nos”, afirmou.