O A320 é um dos aviões mais populares do Mundo. Conhecido pela versatilidade, eficiência e avançada tecnologia, este aparelho é o eleito para operações de curta e média distância de quase todas as companhias aéreas do mundo. Tem uma autonomia de voo de 5 900 quilómetros, escreve o jornal «El País».

O primeiro voo de um A320 aconteceu há 28 anos e, desde então, há registo de 60 acidentes com estes aparelhos, que resultaram, até 23 de março, em 789 óbitos, avança a SkyNews.

Um registo baixo considerando que, segundo a mesma fonte, desde o seu lançamento, foram feitas 11 mil encomendas para a família destas aeronaves. Destas 4 700 são desta aeronave específica. Os restantes modelos são: o A319, o A318 e o A321.

Segundo a Airbus, os aparelhos tem capacidade para 150 passageiros, com duas classes distintas, ou para 180 passageiros, com alta densidade de assentos.

O A320 da Germanwings que se despenhou esta terça-feira com 150 pessoas a bordo, 144 passageiros e seis tripulantes, foi construído em 1990 e entrou ao serviço em 1991. Antes de integrar a frota da companhia alemã de baixo custo, esteve ao serviço da Lufthansa.

Segundo o site especializado Flightradar24, a aeronave tinha a matrícula D-AIPX.
 
O que sabemos da Germanwings:
  • Companhia foi criada em 2002 e é detida na totalidade pela Lufthansa.
  •  A base da companhia é em Colónia e é especializada em rotas pequenas.
  • É uma das companhias eleitas pelos alemães que procuram férias no mediterrâneo.
  • Em janeiro deste ano, a Lufthansa fez saber que estava a pensar gradualmente retirar a marca Germanwings do mercado e substitui-la por Eurowings.

A Germanwings é uma das companhias aéreas de baixo custo com maior crescimento em Espanha. De acordo com o «El País», que cita dados oficiais, em 2014, a companhia transportou 1,9 milhões de passageiros neste território. Um valor que representa um crescimento de 67,9%. Ocupa, agora, o 20º posto da lista das companhias com mais passageiros no país vizinho.

A empresa voa regularmente para nove cidades da Península Ibérica: Barcelona, Bilbao, Jerez de la Frontera, Madrid, Málaga, Valência, Faro, Lisboa, Porto, Ibiza e Palma de Maiorca. A Espanha é o terceiro país com mais viagens da Germanwings. Apenas superado pela Alemanha e a Itália.

Ao serviço da empresa estão 80 aeronaves com uma idade média de 12,5 anos.

A Airbus fez saber através do twitter que está a par dos acontecimentos. Estão a analisar a informação e, assim que puderem, divulgarão mais dados.
   
   

Lançado alerta em 2014

Em dezembro de 2014, a EASA, a agência europeia responsável pela segurança aérea, lançou um alerta após um incidente com um A321.

De acordo com o «Daily Mail», um aparelho da Lufthansa terá perdido altitude rapidamente, quando sobrevoava Pamplona, em Espanha, sem explicação aparente. A tripulação conseguiu recuperar o controlo do aparelho e o pior foi evitado.

Mas o incidente foi considerado grave e o alerta foi lançado. O próprio sistema de segurança, que visa proteger o avião, terá reagido a dados incorretos enviados por um sensor com falhas. A Airbus acabou mesmo por criar uma «revisão temporária» dos manuais de voo dos seus aparelhos.