O Conselho de Ministros de Assuntos Gerais da União Europeia (UE) concedeu hoje à Albânia o estatuto de candidato à adesão ao bloco europeu, avalizando uma proposta a Comissão Europeia, foi hoje anunciado no Luxemburgo.

O Conselho, segundo uma nota de imprensa, sublinha que a Albânia terá que cumprir todas as recomendações feitas no relatório do executivo comunitário e garantir que as prioridades chave serão aplicadas de forma sustentável, abrangente e inclusiva.

A reforma da administração pública e do sistema judicial, a luta contra o crime organizado e a corrupção são algumas das prioridades identificadas.