O Camboja recebe esta quinta-feira o primeiro grupo de refugiados, após um acordo com Austrália para relocalizar no país asiático os requerentes de asilo que se encontram em centros de detenção australianos, informam esta quinta-feira os ‘media’ locais.

Prevê-se que três iranianos e um homem de etnia muçulmana rohingya - minoria perseguida na Birmânia - cheguem hoje ao aeroporto de Phnom Penh, depois de fazerem escala em Darwin (norte da Austrália) e Kuala Lumpur (Malásia), confirmou o porta-voz do Ministério do Interior cambojano, Khieu Sopheak, ao The Cambodia Daily.

Os refugiados, que se voluntariaram para mudar de país, segundo a imprensa cambojana, estavam anteriormente na ilha de Nauru, pequena nação que tem acordos com a Austrália em matéria de migração.