Um camião cisterna que transportava petróleo incendiou-se no Paquistão, causando a morte de pelo menos 149 pessoas e ferindo mais de uma centena, avança fontes oficiais citadas pela AP.  O acidente ocorreu esta manhã perto da cidade de Ahmedpur, a cerca de 670 quilómetros a sul da capital, Islamabad.

Mais de 100 pessoas ficaram feridas e, segundo o diretor-geral do serviço de emergência, Rizwan Naseer, 60 foram levadas para os hospitais de Bahawal Victoria e de Sharquia em estado grave. 

O exército paquistanês disse que ia enviar helicópteros para retirar os feridos, e os hospitais da zona foram colocados sob alerta.

Dezenas de veículos, incluindo 75 motos e quatro carros, foram engolidos pela explosão do camião cisterna perto da autoestrada nacional do Paquistão.

Em 2015, pelo menos 62 pessoas, incluindo mulheres e crianças, morreram no sul do Paquistão, quando um autocarro colidiu com um camião cisterna carregado de petróleo, desencadeando um incêndio de grande dimensão.

A tragédia ocorreu numa altura em que muitos paquistaneses circulam nas estradas para se juntarem à família para celebrarem o Eid-el-Fitr, o festival muçulmano que assinala o fim do mês sagrado do Ramadão.