Um homem e uma mulher não casados vão deixar de ter o direito de circular na mesma motorizada em Aceh, indica uma nova regulamentação introduzida nesta província indonésia que obedece à lei islâmica ("sharia"), disse esta segunda-feira um deputado local.

De acordo com a AFP, o parlamento do distrito de Aceh Norte aprovou, na passada semana, a regulamentação que vai entrar em vigor dentro de um ano, declarou o deputado Fauzan Hamzah. O mesmo deputado sublinhou que as autoridades desenvolviam "esforços para aplicar plenamente a 'sharia'".

As novas disposições, que vão abranger mais de meio milhão de pessoas em Aceh Norte, proíbem também espetáculos de música ao vivo e obriga a separar rapazes e raparigas na escola, a partir da adolescência.