reality show

De acordo com o RadarOnline.com, numa outra ocasião, Jim Florentine tinha feito referência ao abuso generalizado de crianças, que ocorria na igreja que ele frequentava quando era um menino, mas afirmou ter sido poupado a esses mesmos abusos. Ao que tudo indica, Brandi Glanville usou essa informação, no programa, para fazer uma piada de mau-gosto sobre o abuso de crianças.

«Estive a fazer pesquisa online sobre si, Jim, e nós, realmente, temos algo em comum», afirmou a anfitriã. «Também eu queria ser molestada quando era criança e fui passada para trás... Eu frequentava uma escola luterana... A minha irmã foi assediada pelo diretor. Mas comigo, nada. Nem sequer olhou para mim uma única vez... Agora, olhando para trás, eu estou superchateada. Eu pensava: "tenho tudo isto e... nada?". Super sexy e não me ligam nenhuma», acrescentou.

De acordo com o «The Huffington Post», as reações não se fizeram esperar. A Rede Nacional contra o Abuso e Incesto (RAINN) emitiu um comunicado sobre os comentários de Glanville, afirmando que o abuso sexual não deve ser usado para provocar risos.

«Como quaisquer bons pais sabem, o abuso sexual não tem nada de que rir», disse à FOX411a porta-voz da RAINN, Katherine Hull. «O abuso sexual nunca deveria ser matéria para comédia», defendeu.

Brandi Glanville, de 41 anos, mãe de duas crianças, pediu entretanto desculpa através do twitter.

É a segunda vez, nas últimas semanas, que Brandi Glanville faz manchetes por causa de um comentário inapropriado. No episódio de 9 de dezembro de 2013 de «Donas de Casa de Beverly Hills», a estrela disse, em tom de brincadeira, que a coprotagonista e ex-Miss Porto Rico Joyce Giraud não sabe nadar porque «[ela é] negra».

Brandi Glanville ainda se defendeu, dizendo que «foi uma brincadeira e os meus amigos negros teriam rido loucamente, porque eles não vão à piscina para não ficarem com a tissagem f--dida».

Por causa da observação racista, Brandi Glanville foi demitida de um espetáculo que ia apresentar num casino na Florida.