Mais de 200 pessoas terão morrido no colapso de um túnel na Coreia do Norte, num local onde se realizaram testes nucleares, em setembro.

A informação foi revelada esta terça-feira por uma cadeia televisiva japonesa, mas o desastre terá acontecido já a 10 de setembro.

Após o sexto teste nuclear de Pyongyang, realizado no início de setembro, cerca de 100 trabalhadores do complexo de Punggye-ri terão morrido logo no colapso do túnel.

Mais tarde, durante as operações de resgate, um segundo colapso terá feito mais cerca de 100 mortos.

A agência Reuters refere que ainda não conseguiu confirmar estas informações.