Pelo menos 29 pessoas ficaram feridas hoje, cinco das quais com gravidade, depois de um sismo de 5,9 na escala de Richter ter sacudido a província chinesa de Yunnan, no sudoeste do país.

O epicentro do abalo, que ocorreu às 09:20 locais (02:20 em Lisboa), foi localizado a uma profundidade de dez quilómetros, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), que monitoriza a atividade sísmica mundial.

O tremor de terra ocorreu a 65 quilómetros a sudeste de Myitkyina, capital do estado de Kachin, no norte da Birmânia.