O comediante evangélico Jimmy Morales venceu no domingo a segunda volta das eleições presidenciais na Guatemala com um resultado histórico, que duplica a votação da sua rival, Sandra Torres.

Com 100% das mesas escrutinadas (num total de 19.582), Morales, de 46 anos, da Frente de Convergência Nacional, foi eleito Presidente daquele país centro-americano com 67,43% dos votos.

A sua rival, a ex-primeira-dama Sandra Torres, da Unidade Nacional da Esperança (UNE), granjeou apenas 32,57% dos votos.

“Com esta votação tornaram-me Presidente. Recebi um mandato e esse mandato deve servir para lutar contra a corrupção que nos tem consumido”, afirmou o candidato presidencial da Frente de Convergência Nacional, num discurso transmitido pela televisão.

Comediante e animador de televisão sem nenhuma experiência política, Jimmy Morales, de 46 anos, a grande surpresa da primeira volta das presidenciais de 06 de setembro.