Myanmar e Tailândia, pontos de passagem do tráfico de drogas produzidas no Sudeste Asiático, queimaram estupefacientes no valor de quase mil milhões de euros, num sinal de determinação na luta contra o tráfico.

As queimadas realizaram-se esta segunda-feira, para assinalar o Dia mundial Contra a Droga.

Esta é a maior incineração de droga de toda a história da Birmânia”, afirmou um responsável da polícia de Myanmar sobre a destruição dos estupefacientes.

No total, mais de 340 milhões de euros em ópio, heroína, canábis e metanfetaminas ficaram reduzidas a cinzas em Myanmar, nesta segunda-feira.

Já na Tailândia, o montante de droga queimada foi estimado em mais de 526 milhões de euros.