O Brasil mobilizou mais de 200 mil tropas para os esforços de erradicação “porta a porta” dos mosquitos que transportam o vírus Zika, responsável por causar malformações em fetos, avança a imprensa local.

Os soldados vão deslocar-se às casas de brasileiros em todo o país, distribuindo panfletos e oferecendo conselhos, disse o ministro da Saúde, Marcelo Castro, citado pelo jornal O Globo.

Segundo Castro, o Governo, sob grande pressão para lidar com a crise do vírus Zika, vai também disponibilizar repelente a pelo menos 400 mil grávidas que recebem apoios sociais.