A Áustria alertou este domingo que irá encerrar as suas fronteiras aos refugiados caso a Alemanha deixe de aceitar as dezenas de milhares de pessoas fugidas de zonas de conflito que tentam chegar àquele país pela rota dos Balcãs.

“Se a Alemanha encerrar a fronteira, então teremos se atuar da mesma maneira. Qualquer outra atitude levaria a uma sobrecarga enorme do nosso país em poucos dias”, afirmou o ministro austríaco dos Negócios Estrangeiros, Sebastian Kurz, numa entrevista publicada este domingo no diário Österreich.

Kurz defendeu a necessidade de resguardar as fronteiras exteriores da União Europeia, ou de outra forma colocar-se-á em perigo o livre-trânsito no interior da Europa.

Recorde-se que já este sábado a Bulgária, a Roménia e a Sérvia ameaçaram fechar as suas fronteiras se os países da União Europeia (UE) deixassem de aceitar refugiados. 

A decisão foi conhecida no âmbito da preparação de uma mini cimeira de líderes europeus sobre aquela que é considerada a pior crise de refugiados no continente desde a II Grande Guerra Mundial.