Uma mulher espanhola, de 67 anos, foi baleada e morreu, esta segunda-feira, na favela brasileira Rochinha, depois de mais uma manhã de tiroteios, informa a imprensa brasileira.

Segundo um comunicado da Polícia Militar, o carro em que Maria Esperanza Ruiz Jimenes seguia furou uma barreira policial e por isso a polícia disparou contra o veículo.

A polícia adianta que só percebeu que no carro estava uma turista quando se aproximou do veículo. O caso está já a ser investigado pela justiça.

A turista chegou a ser assistida, mas morreu ao chegar ao hospital. A mulher viajava acompanhada de um cunhado e do irmão.

Os confrontos diários na favela brasileira duram há mais de um mês. Em causa, está a disputa dos traficantes pelo controlo do bairro.