Pelo menos nove pessoas morreram e mais de 30 ficaram feridas num duplo atentado que ocorreu esta terça-feira junto a uma mesquita no centro da cidade de Bengasi, na Líbia, informaram fontes médicas e de segurança.

O porta-voz do hospital al-Jala em Bengasi, Fadia al-Barghathi, informou no mais recente balanço que o “número provisório de vítimas é de 43”, incluindo pelo menos nove mortos.

Uma fonte da segurança, citada pela agência France Press, informou que um primeiro carro-bomba explodiu quando as pessoas abandonavam a mesquita no bairro de al-Sleimani, no centro da cidade, enquanto um segundo carro explodiu cerca de 30 minutos depois na mesma zona, causando mais baixas entre as forças de segurança e civis.

A Líbia está mergulhada no caos desde a revolta popular que acabou com o regime de Moamer Kadhafi, em 2011.

Bengasi, que era um bastião da revolução da Líbia, tornou-se uma fortaleza de grupos jihadistas. A cidade tem sido particularmente afetada pela violência, que tem atingido as representações diplomáticas e as forças de segurança.