Um cidadão norte-americano foi detido em Nova Iorque, Estados Unidos, por suspeita de apoiar o grupo extremista autoproclamado Estado Islâmico, o quarto caso em menos de uma semana.

Samuel Rahamin Topaz, 21 anos, de Fort Lee, Nova Jérsia, foi acusado de conspiração para fornecer apoio material ao grupo jihadista, que declarou um ‘califado’ no Iraque e na Síria.

O jovem enfrenta 15 anos de prisão se for condenado.