O asteroide 2004 BL86 vai passar perto da Terra no próximo dia 26. No entanto, a NASA garante que não há possibilidade de o mesmo colidir com o nosso planeta.

Segundo a NASA, pelo brilho que apresenta o asteroide deverá ter 500 metros de diâmetro e passará a 1,2 milhão de quilómetros da Terra, sendo o maior corpo celeste a passar tão perto do nosso planeta até 2027, altura prevista para o 1999 AN10 nos visitar.

Os cientistas da NASA já anunciaram que vão aproveitar a aproximação para observar e aprender mais sobre os asteroides, usando um sistema de radares que registará em imagens a passagem do corpo celeste pela terra.

O asteroide não será visível a olho nu, mas poderá ser observado com telescópios amadores.