O Governo do Mali e as Nações Unidas anunciaram hoje que o país está livre do Ébola após terem sido registados 42 dias sem novos casos confirmados do vírus.

«Declaro este dia o dia do fim do vírus do Ébola no Mali», disse o ministro da Saúde do país, Ousmane Kone, citado pela agência France-Presse.

O responsável máximo da delegação das Nações Unidas no país, Ibrahima Soce Fall, confirmou a informação avançada pelo Governo do Mali.

No passado dia 15, a Organização Mundial de Saúde (OMS) expressou o seu otimismo face a indicadores recentes que demonstravam uma queda nos novos casos de infeção pelo Ébola nos três países da África Ocidental mais atingidos pelo vírus.

Os três países são a Guiné-Conacri, Libéria e a Serra Leoa.

No total, 21.296 pessoas foram infetadas com o Ébola desde o início deste surto, há cerca de um ano, tendo 8.429 delas morrido, de acordo com os dados mais recentes.