Um tornado atingiu Sydney, esta quarta-feira, com ventos de cerca de 200 quilómetros por hora e granizo do tamanho de bolas de cricket, derrubando árvores e linhas de eletricidade, arrancando telhados e paredes e causando inundações, noticia a Reuters.

O serviço de meteorologia australiano alertou para o tornado cerca do meio-dia, pouco antes da tempestade ter atingido a costa de Sydney, levando alguns voos a serem desviados para outras cidades.

Também os subúrbios de Sydney foram atingidos pela tempestade. Na zona de Kurnell, pelo menos 100 pessoas tiveram de abandonar as suas casas, que perderam o telhado ou paredes.

Uma testemunha contou à Reuters que o tornado deixou um rasto de destruição no parque industrial de Kurnell. 

"Não fomos avisados. O céu ficou preto e trovejou massivamente. De seguida, as rajadas de vento foram simplesmente horríveis, podíamos ouvir o telhado a começar a levantar e os destroços a voar. Todos os carros ficaram destruídos", afirmou Meredith Sullivan, trabalhadora do parque industrial.

Cerca de seis mil pessoas estão sem energia e os serviços de emergência receberam mais de 200 chamadas.