O vulcão de Fuego da Guatemala, localizado a 50 quilómetros a sudoeste da capital, entrou numa nova fase eruptiva, com explosões e saída de lava e colunas de cinza, informaram as autoridades nacionais.

A erupção é a sexta desde o início do ano, as explosões são audíveis a 30 quilómetros e o vento fez cair as cinzas vulcânicas em diversas comunidades.

Até ao momento, não foi preciso retirar pessoas da área, mas as autoridades estão a monitorizar a erupção que começou com fontes incandescentes de 200 metros de altura, que geraram três fluxos de lava, com quase três quilómetros de extensão.

De acordo com o último boletim do Instituto Nacional de Sismologia, Vulcanologia, Meteorologia e Hidrologia (Insivumeh), as colunas de cinza elevam-se até os 6.500 metros de altitude e movimentam-se em várias direções, espalhando-se por uma distância de 25 quilómetros.

Em 2015, o vulcão, de 3.763 metros de altura, localizado entre Chimaltenango, Escuintla e Sacatepéquez (sudoeste), registou 14 erupções.

O vulcão Fuego é um dos 33 que existem na Guatemala e que se mantém em constante atividade, tal como os montes Pacaya e Santiaguito.