De sexta para sábado, foram detetados na Coreia do Sul 12 novos casos da Síndroma Respiratória do Médio Oriente, uma doença que é vulgarmente conhecida pela sua sigla em inglês (MERS).

O número total de infetados chegou assim aos 138. Catorze acabaram por morrer, sendo que a vítima mortal mais recente data desta sexta-feira.

No dia anterior, tinham sido identificados quatro doentes, o que tinha criado a esperança de que o surto pudesse estar a entrar na sua fase descendente.

Os números agora divulgados parecem contrariar essa ideia, embora seja preciso mais tempo para que se possa fazer uma análise segura.

A Coreia do Sul está a enfrentar um surto de MERS desde há três semanas. Até agora, ainda não foi desenvolvido qualquer tratamento específico ou vacina para esta doença.