As equipas de socorro deram por concluídos os trabalhos de resgate de sobreviventes na cidade de Wenzhou, costa leste da China, onde o desabamento de quatro edifícios causou 22 mortos.

Vinte e oito pessoas foram resgatadas de entre os escombros, mas apenas seis sobreviveram. A última pessoa resgatada foi uma menina de seis anos, cujo corpo foi encontrado entre o dos seus pais, já sem vida.

Segundo um comunicado, difundido pelas autoridades do distrito de Lucheng, os sobreviventes encontram-se hospitalizados e fora de perigo.

Os edifícios, cada um com seis andares, desabaram durante a madrugada de segunda-feira. As casas situavam-se numa zona industrial da cidade e albergavam sobretudo trabalhadores.

A causa do desabamento está a ser investigada, mas os jornais locais referiram já o mau estado das construções.