Pelo menos três polícias morreram esta quarta-feira quando um carro armadilhado explodiu no exterior de uma casa de chá na capital da Somália, Mogadíscio, informou a polícia.

Houve uma explosão de um carro-bomba”, disse o comissário Ali Hersi Barre, indicando que o presumível condutor, “gravemente ferido” ficou sob custódia policial.

O mesmo responsável informou ainda que um ‘tuk-tuk’ que servia de táxi carregado de explosivos também explodiu esta manhã, sem causar vítimas.

Um dos três homens que conduzia o veículo de três rodas foi preso e outros dois escaparam", disse Ali.

Estas explosões ainda não foram reivindicadas, mas suspeita-se que tenha sido o Al-Shabaab. Nas últimas duas semanas, o movimento lançou ataques à bomba perto do palácio presidencial e fez explodir um carro bomba em Mogadíscio, causando vários mortos.

Esta semana, mais de 150 militantes radicais morreram após um ataque aéreo dos Estados Unidos naquele país.