Pelo menos três pessoas foram mortas e uma centena ficou ferida num incêndio num edifício de apartamentos numa cidade a norte de Seul, a capital da Coreia do Sul, revelaram os bombeiros.

O número de vítimas mortais no fogo na cidade de Euijeongbu poderá, contudo, subir por sete dos feridos terem sido considerados em estado grave.

De acordo com o presidente da câmara da cidade, Ahn Byeong-Yong, 175 pessoas viviam no prédio de 10 andares.

O fogo terá, aparentemente, começado numa caixa de correio no rés-do-chão e propagou-se rapidamente, levando as autoridades a equacionar a possibilidade de se tratar de um ato criminoso.

Muitos moradores não conseguiram abandonar o edifício devido ao fumo e chamas que bloqueavam a entrada principal do prédio.

Um total de 25 carros dos bombeiros, quatro helicópteros e 145 homens formam mobilizados para combater as chamas e socorrer as vítimas.

A polícia já iniciou as investigações ao caso e mantém, para já, todas as hipóteses em aberto.