A crise de migrantes e refugiados está a alarmar a Europa e, por isso, a Comissão Europeia anunciou esta quarta-feira a distribuição de mais 120 mil refugiados pelos Estados-membros, para além dos 40 mil que já tinham sido estipulados em maio.

A distribuição é "urgente e obrigatória", sublinhou Jean-Claude Juncker, no Parlamento Europeu, em Estrasburgo, durante aquele que foi o seu primeiro discurso sobre o estado da União Europeia.

No caso de Portugal, o nosso país vai receber mais 3.074 refugiados, para além dos 1700 previstos em maio. Desta forma vai acolher quase 5.000 refugiados.

Os países que vão receber mais refugiados são a Alemanha, a França e a Espanha.

Veja a distribuição de refugiados prevista pela UE na próxima infografia.