Kate Moss foi expulsa de um avião da EasyJet à chegada ao aeroporto de Lutton, no Reino Unido, por mau comportamento. Proveniente da Turquia, onde participou na festa do 50.º aniversário da amiga e atriz Sadie Frost, a modelo deixou o aparelho escoltada pela polícia.

A companhia aérea low-cost pediu assistência policial devido ao comportamento de Kate Moss, que deixou o avião acompanhada da polícia, mas não chegou a ser detida nem foi apresentada qualquer queixa formal.

De acordo com testemunhos de passageiros recolhidos pelo tablóide britânico Daily Mail, a modelo passou a viagem a beber vodka que transportava na bagagem de mão. No entanto, para estas testemunhas, Kate Moss até estava a ser divertida e a tripulação é que atuou de forma desproporcionada.