"Nas últimas semanas o abastecimento da matéria-prima tem ocorrido de maneira irregular. Há inclusive algumas padarias que estão fechadas porque não têm farinha e outras estão a trabalhar com farinha emprestada", explicou o proprietário de uma padaria à Agência Lusa.

O mesmo padeiro explicou que optou "por reduzir a produção e a quantidade de pão que cada pessoa pode comprar, para fazer durar o limitado inventário durante mais algum tempo".